top of page

A razão é o maior antídoto contra a conflagração antinacional!



Todos nos sensibilizamos pelo estado de penúria dos ianomâmis, indistintamente, independente de espectro político a que pertençamos. Contudo, para apoiá-los de forma efetiva não podemos abandonar a razão.


A cobiça em relação as riquezas da Amazônia é inquestionável. Da biodiversidade aos recursos energéticos e metais raros, o mundo observa a Amazônia com evidente interesse. Temos rios, reservas d’água, fauna flora e grande extensão territorial. Sabidamente, a região é um dos maiores focos de disputa por influência geopolítica de um mundo em permanente disputa interestatal e também entre grandes conglomerados e oligopólios.


O bem estar das populações locais indígenas, ribeirinhos e todos os demais é fator primordial. O socorro deve ser imediato e eficaz, o estado brasileiro deve tomar todas as providências cabíveis e necessárias com urgência e os responsáveis por eventuais crimes cometidos não podem evitar a persecução individual de suas condutas. A assistência médica, sanitária e alimentar, são essenciais e não podem ser questionadas, não importando quando começaram os infortúnios. Resta a imediata resolução deste drama humano.


Cabe lembrar que nestes momentos de grande comoção popular, neste caso absolutamente justa, infelizmente manipuladores e oportunistas de toda espécie podem tentar lograr êxito para sua propaganda e objetivos escusos, utilizando toda sorte de ardis. Saliento que apenas uma solução racional e nacional, que considere todos os aspectos legais, constitucionais e do interesse do estado brasileiro, pode dar a solução efetiva e definitiva, para que esta situação não seja usada para afrontar nossa soberania em meio a um terrível episódio de privação e dor dos nossos compatriotas ianomâmis, com paz, saúde e harmonia, pelo debate equilibrado e em prol de um país pacificado e independente!


Viva o Brasil!

0 comentário

Comments


bottom of page