top of page

Sá, Guarabyra e Zé Rodrix: um retrato do Brasil rural

Os anos 70 foram anos dourados para a música brasileira: a mescla de ritmos, introdução de novos instrumentos e valorização da cultura nacional foram marcos que nos fazem relembrar uma época grandiosa em nossa formação cultural. Deste cenário, um trio icônico emergiu, contribuindo significativamente para a fusão das raízes rurais com a energia do rock: Luiz Carlos Sá, Zé Rodrix e Guttemberg Guarabyra. Juntos, Sá, Rodrix e Guarabyra se destacaram como pioneiros do movimento denominado “rock rural”, deixando um legado duradouro no cancioneiro nacional. Músicas como “Sobradinho”, “Jesus numa moto”, “Mestre Jonas” e “Casa no campo” (esta última regravada por Elis Regina) legaram ao grupo um espaço importante na música popular de então.

Entre os componentes do trio, Zé Rodrix era marcado por sua intelectualidade e aproximação com temas místicos, além de uma carreira solo que comprovaria a ampla influência do rock em seu estilo; Sá e Guarabyra, por sua vez, eram mais próximos da ruralidade, do frescor dos campos, dos temas da natureza e dos alimentos regionais. Eles garantiam um som único ao grupo, transbordando calmaria e reflexão sobre a simplicidade da vida sertaneja.


O casamento de ambos os estilos nos faz pensar no quanto o mundo rural é fundamental para a formação das regionalidades e também da cultura nacional: é um campo dinâmico, que se relaciona com a cidade não apenas no aspecto econômico da produção rural: o campo possui, em verdade, um rico acervo cultural, muitas das vezes menosprezado pelo Brasil urbano.


O legado de Sá, Rodrix e Guarabyra no que diz respeito às raízes rurais do rock permanece vivo nos dias de hoje. Suas canções atemporais continuam sendo ouvidas e admiradas, influenciando artistas contemporâneos que buscam explorar a rica tapeçaria da música brasileira. Ao amalgamar a tradição com a modernidade, o trio deixou uma marca indelével na história da música, nos lembrando a importância de valorizar e preservar nossas raízes culturais enquanto avançamos rumo ao desconhecido musical.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires

Les commentaires n'ont pas pu être chargés.
Il semble qu'un problème technique est survenu. Veuillez essayer de vous reconnecter ou d'actualiser la page.
bottom of page