top of page

Sol da Pátria lança seu livro em Natal - Rio Grande do Norte

No dia 03 de junho, num radioso sábado repleto de muita música boa, pois o sebo e espaço cultural Seburubu também sediava uma feira de discos, a Frente Sol da Pátria e o Prof. Edrisi estiveram nesse espaço para lançar "A Rainha do Meio-Dia". Durante a boa prosa puxada pelo Prof. Edrisi e por Ewerton Alípio (professor e ativista da SdP), os animados espectadores foram interpelados a respeito do que fariam para construir a utopia maior chamada Brasil. Além disso, os oradores criticaram fortemente os adeptos da chamada cultura do cancelamento, que almejam fazer tábula rasa do nosso passado histórico, e ressaltaram ainda a hipocrisia desses ativistas, cuja sanha de cancelamento e iconoclastia (anacrônica e moralista) é seletiva, porque poupam, por exemplo, Abdias do Nascimento (que passou pelo Integralismo), expoente do movimento negro e do trabalhismo brasileiro, ao passo que, em seu tribunal, espinafram e "condenam" Gilberto Freyre, Câmara Cascudo e até mesmo Ariano Suassuana.



Por sinal, Alípio, elucidando o significado do termo "Rainha do Meio-Dia", a que Ariano tanto aludia, demonstrou que este via, sim, a centralidade dos povos castanhos, ou seja, indígenas, negros e mestiços, na construção da utopia maior chamada Brasil, uma vez que a Rainha etíope de Sabá representa simbolicamente todos os povos e civilizações situados ao Sul do Equador, cabendo a tais raças a missão escatológica de coveiros da “Besta-Loura-Calibã”, identificada com o imperialismo Anglo-Americano.


Ao fim, os espectadores e os oradores celebraram este evento de ode ao Brasil Profundo, se regalando com pratos regionais e cervejas especiais.

0 comentário

Comments


bottom of page